Emagrecimento, existe uma dieta que seja melhor?

0
180
Foto: Internet.

Esta é uma das perguntas que muitos fazem, em especial aqueles que desejam emagrecer, mas nem sempre as tem, porque imaginam que depende apenas de uma boa dieta.

Inúmeras pesquisas realizadas, indicaram que não existe a melhor dieta, mas foi identificado outros resultados que permitiram associar dois aspectos em comum do comportamento humano, nos casos de êxitos, de quem emagreceu.

O primeiro é a convicção, ou seja, a pessoa deve estar disposta a enfrentar qualquer obstáculo que possa surgir ao longo do período estabelecido.

O segundo é a mudança de hábitos, isto é, passar a refletir sobre outras formas de agir e fazer, qualquer atividade do dia a dia, incluído o hábito de se alimentar. Esta é a parte mais difícil do processo, a ser superada, porque é necessário identificar os gatilhos (as armadilhas do inconsciente) que disparam o comportamento de alimentar-se. No caso de dificuldade, recomenda-se buscar ajuda com profissionais gabaritados na área de psicologia.

De acordo com os princípios da psicanálise, pessoas que tem compulsão por alimentos, ainda estão na fase oral, que são necessidades fisiológicas, ou seja, sob o comando do instinto de sobrevivência, que é o lado da irracionalidade em ação. Por isto, é que processo racional não consegue controlar a compulsão por alimentos.

Um terceiro aspecto identificado em oitenta por cento dos resultados exitosos no emagrecimento, foi a prática de exercícios físicos (mínimo de três por semana e com mínimo 40 de minutos cada), pois contribui na melhora da autoestima e corrobora na determinação em manter a mudança de hábitos.

Quer, verdadeiramente emagrecer? Então busque ajuda com mínimo de dois profissionais capacitados, um em psicologia e outro em nutrição.

Médicos com especialização em endocrinologia ou medicina ortomolecular também estão aptos a orientar uma alimentação adequada. Isto porque, nem todo curso de formação de nutricionistas, contempla o conhecimento pela restauração dos níveis ideais de substâncias, como vitaminas e minerais, das moléculas que formam as células, presentes no organismo humano.

Deixe uma resposta